sábado, 12 de maio de 2012

Mensagem do Rev. Eraldo Gueiros sobre Experiência Missionária

Foto da Igreja Presbiteriana do Jordão Alto em viagem missionária de apoio as suas congregações.



Precisamos de Experiência!

Por Rev. Eraldo Gueiros
(Professor das disciplinas de Missões, Evangelismo e Discipulado do Cet Recife; é pastor titular da Igreja Presbiteriana do Jordão Alto - Recife/PE)

Sempre que voltamos de uma Viagem Missionária ouvimos muitos testemunhos dos participantes, tanto de quem foi a primeira vez quanto de evangelistas acostumados a esse tipo de trabalho. Quero destacar dois testemunhos interessantes. Alguém me disse: “Pastor Eraldo, essa viagem foi um divisor de águas na minha vida, pois eu nunca imaginei que seria capaz de fazer o que eu fiz hoje!”. Minha reação de pronto foi: Glória a Deus por isso!
Em seguida, até parecendo que foi combinado, outra pessoa compartilhou: “Pastor, fazia tempo que eu não viajava, eu estava precisando renovar minha paixão pelo evangelismo!”. Eu fiquei muito feliz com aquele retorno que eu estava recebendo, mas foi no dia seguinte que essas frases voltaram a minha mente e me levaram a essa reflexão: Precisamos de Experiência!
O dicionário define experiência assim: Ensaio; prova; tentativa; Submeter-se a; Verificar pelo uso; por em prática.
Estou convencido que o motivo pelo qual um grande número de líderes e crentes não se envolverem mais intensamente com a obra missionária é por falta de experiência! A maior parte de nossos medos e inseguranças é por falta de tentar, de ensaiar, de submeter-se; e de por em pratica! Somos como crianças que querem andar de bicicleta, mais que não tentam por medo de cair; e o fato concreto é que enquanto não arriscarmos e cairmos algumas vezes, o medo e a insegurança não vai desaparecer!
Lembro bem da pessoa que deu o primeiro testemunho, deu trabalho para convencê-la a viagem, ela justificativa: Não sei fazer; nunca fiz; posso atrapalhar; não sei o que dizer; não me sinto preparado; já tem gente suficiente indo; meu dom é outro; deixa pra próxima; pode acreditar, cada vez que eu insistia recebia um desculpa diferente! Me alegrei muito ao vê-la chegar a conclusão de que vivenciar aquela experiência foi um divisor de águas na sua vida!
Quando olho as Escrituras não a vejo desprezando o preparo antecipado do obreiro, com certeza não! Mas também a vejo dizendo àquele obreiro que haverá situações que irão além de seu preparo, e quando essas coisas acontecerem: “...não vos dê cuidado como ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora, vos será ministrado o que haveis de dizer. Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós” (Mt.10:19-20). Vejo as Escrituras também afirmarem que nunca estaremos sozinhos na experiência missionária, pois foi Jesus quem prometeu: “...eu estarei convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém!” (Mt.28:20).
Não limite seus dons e a ação de Deus na sua vida, simplesmente dizendo que não sabe fazer, ou que acha que não vai se adaptar ou coisa do tipo. Eu desafio você a experimentar uma Viagem missionária, a dedicar um tempo para ir aonde os mais necessitados estão; para passar um tempo com aqueles que estão lá 24h por dia. Essa experiência vai mudar a sua vida, sua compreensão e sua vidão!
Não deixe que a falta de tempo seja uma desculpa, pois homens e mulheres responsáveis nunca estão com tempo sobrando. Saia do gabinete, dê uma folga para os fazeres domésticos, sacrifique alguma coisa pois o retorno será garantido. Você vai gostar! E Deus vai usar a sua vida e o seu ministério de forma singular e maravilhosa.
Que Deus te dê uma excelente experiência missionária!

(Rev. Eraldo é fundador e coordenador do Projeto Apocalipse 1:11 que promove eventos e viagens missionárias. Possui especialização em Missões Urbanas e Transculturais. É Presidente do Presbitério Centro do Recife da IPB.)

quarta-feira, 9 de maio de 2012